Let me tell you something
A gente precisa aprender a se desprender, a dizer adeus. Essa coisa de tardar o fim, só nos machuca ainda mais. Entendo que não se dá pra esquecer os momentos vividos e tudo de bom que aquela pessoa deu e levou de nós, mas a vida dá golpes na gente, e quando vemos, não somos mais quem eramos antes, que nossas escolhas nos tornam estranhos pro outro, e o outro estranho pra gente. Pôr virgulas onde a vida já pôs um ponto final, dilacera a gente por dentro. E insistir no que o outro já desistiu, chega a ser ridículo. É preciso encarar os fatos. Algumas coisas não foram feitas pra durar pra sempre, alguns “pra sempre” duram instantes, e de saudade ninguém morre.
A menina e o violão. (via velhocaos)
Amanhã com certeza será um novo dia para todos nós. Talvez não consiga perceber que mesmo depois de chorar por uma noite inteira sua vida vai continuar. Talvez não perceba que chorar por uma noite inteira não te matou afogado. Você vai superar, acredite. O dia acaba para que todos possam recomeçar do zero todos os dias e terem a oportunidade de escolherem seus caminhos mais uma vez. Sei como é soluçar de tanto chorar. Também sei a sensação que é passar horas vomitando por ter enchido a cara para esquecer das dores de cotovelo. Mas quer saber? Passa. Nenhuma decepção te mata, vai por mim. Não pensa que tudo acabou agora, a melhor parte ainda está por vir. Hoje é só mais um dia ruim, mas você terá muitos dias para poder fazer diferente.
Animicida.  (via resonares)
exxxhausted:

Above The Ice by Peter From
Ela me fazia sorrir em plena madrugada, e realmente eu adorava isso.
Gramaticas.  (via conceituador)
Coragem é levantar da cama todo dia, mesmo sabendo que seria infinitamente melhor ficar ali, deitado.
Renato Russo.   (via versos-no-vento)
Sempre que penso em nós, um sábio sorriso surge em me rosto
Amor à Distância. (via rejeitei)